Prejuízos da EMTPM agravam-se para 185.7 milhões MT

Os resultados financeiros da Empresa Municipal de Transporte Rodoviário de Maputo saíram do mal e caíram no pior. Em 2017, o prejuízo da transportadora aumentou em mais de 97 milhões de meticais, ao atingir 185.7 milhões, isto é, mais do dobro do resultado negativo de 2016.

Segundo os administradores da empresa, o mau resultado do ano passado provém, entre vários factores, do facto do bilhete do transporte público não ter aumentado desde 2012 e em contrapartida, os preços de combustíveis terem aumentado de forma significativa.

Só para se ter uma ideia, o gasóleo que custava cerca de 45 meticais o litro em Fevereiro do ano passado, em Dezembro passou a ser vendido a 56 meticais, uma subida de cerca de 11 meticais por cada litro.

“E ainda referir que o custo de consumo total dos Óleos e Lubrificantes no período em análise foi de 1882923,83 meticais contra 1318478,87 meticais de igual período de 2016, o que representa um aumento em 43 por cento, devido ao reajustamento dos preços de consumíveis no mercado”, refere o Relatório e Contas da EMTPM.

Mas nem só os combustíveis contribuíram para o prejuízo da Empresa Municipal de Transporte Rodoviário de Maputo. A subida dos preços das peças e sobressalentes também pesaram no agravamento da situação vermelha da empresa em 2017, se comparado com o ano anterior.

Outro factor que contribuiu para o resultado negativo, segundo a empresa, é o corte de 50 por cento do subsídio que o Estado dava à empresa para exercer sua actividade no ano passado, se comparado com o ano 2016, como consequência das restrições orçamentais.

O Relatório de Contas mostra ainda que as receitas de bilhetes da empresa aumentaram de cerca de 77.7 milhões para 88.1 milhões de meticais. E de 2016 a 2017, a frota disponível da empresa reduziu de 41 para 39 autocarros, embora a EMTPM tenha uma frota nominal de 205 autocarros.

“Embora a empresa tenha registado um grau de cumprimento de 101% do número dos passageiros transportados, no período em referência, registou-se uma paralisação das actividades durante 10 dias que originou uma perda de receita de 2055335.00 meticais”, lê-se no relatório.


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique