Ragendra de Sousa diz que governo está aberto ao debate sobre legislação de terras

O ministro da Indústria e Comércio diz que a conferência anual do sector privado deve deixar de ser um órgão de murmúrios. Ragendra de Sousa defende que a CASP deve ser um órgão onde convergem diversos interesses.

Depois de acompanhar a intervenção dos empresários, o ministro da Indústria e Comércio subiu ao palco para convidar o Presidente da República a fazer o discurso de abertura, mas avisou que tinha alguns comentários a fazer. Mas não foram simples comentários. Aparentemente cansado de ouvir críticas dos empresários, Ragendra de Sousa disse que espera mais soluções na próxima conferência anual do sector privado.


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique