Zainadine pára “leão” e é melhor jogador em campo

Zainadine pára “leão” e é melhor jogador em campo

Os campeonatos nacionais dos países europeus já iniciaram na sua temporada 2019/2020, com alguns já a disputarem a primeira jornada no final de semana passado. De Portugal a Cazaquistão, passando pela França, mas com um olhar a África do Sul, locais onde actuam os moçambicanos, o “O País” traz aquilo que foi a prestação dos internacionais em seus clubes.

 

Portugal

Em Portugal, começamos a saga pelo Marítimo, onde está um dos capitães da selecção nacional, Zainadine Júnior. O internacional moçambicano fez a totalidade do jogo diante do Sporting de Portugal, crónico candidato ao título, tendo parado as investidas ofensivas dos “leões”, que ainda sofreram um golo, na primeira parte, mas empatando na segunda parte, resultado que terminou empatado a um golo. Zainadine foi eleito pela imprensa portuguesa como o melhor jogador em campo, pelo seu envolvimento nas jogadas defensivas da sua equipa que evitaram mais dessabores, tendo tido muito duelos com Phellype, enquanto em campo, e mais tarde com Bas Dost, para além de Bruno Fernandes e outros. Foi uma entrada à grande do também um dos capitães dos insulares de Portugal.

Há que frisar que Zainadine é, a esta altura, único moçambicano que joga na primeira liga portuguesa.
Entretanto, na segunda liga, Witi também foi titular no Nacional da Madeira, que começou da melhor maneira o campeonato, com uma vitória diante do Chaves, por 3-0, tendo o moçambicano jogado mais recuado em relação a sua posição normal, fazendo dupla com o português Jota, no lado esquerdo na equipa insular. Witi teve nota positiva e realizou todo jogo.

 

França

Na França o nosso país tem dois embaixadores em equipas da primeira liga, nomeadamente Reinildo Mandava, no Lille, e Mexer, no Bordéus. O primeiro deles, Reinildo, esteve no banco na partida em que a sua equipa venceu o Nantes por duas bolas a uma, naquela que foi uma entrada a contento, na defesa do segundo lugar alcançado na temporada passada. Depois de alguns jogos a titular na pré-temporada, Reinildo ficou no banco no primeiro jogo da temporada, mas acabou entrando já no finalzinho do jogo, nomeadamente aos 87 minutos, para o lugar de Ikone, para reforçar o sector defensivo e defender o resultado positivo que tinha.

Já o central moçambicano Mexer teve uma estreia com pé esquerdo na sua nova equipa, embora titularíssimo, ao perder na deslocação da sua equipa ao terreno do Angers, equipa que ascendeu esta temporada ao principal escalão francês. O Bordéus está na cauda por ter perdido por 3-1 na primeira jornada do campeonato francês.

 

Cazaquistão

No Cazaquistão está Reginaldo Faite, que actua no Shakhter Karaganda, equipa que milita no campeonato da primeira divisão. O internacional moçambicano faz parte da equipa nas cinco últimas jornadas, num campeonato que vai ao seu final, estando neste momento na 22a jornada. Reginaldo esteve em quatro dos cinco jogos, não tendo sido utilizado em apenas uma partida, onde esteve no banco. Nas outras quatro partidas, Reginaldo jogou 9 minutos no primeiro jogo (18a jornada), no empate a dois diante do Atkobe, 12o classificado, voltando a jogar na 20a jornada, 30 minutos, na derrota por 2-0 diante do Zhetysu.

Na partida da 21a jornada, com o líder da prova, o Astana, Reginaldo fez apenas um minuto e a sua equipa terminou com vitória de uma bola sem resposta. Na última jornada disputada final de semana, Reginaldo entrou quando faltavam 18 minutos para o fim do jogo em que Shakhter perdeu frente ao Ordabasy, por 1-2. A turma de Reginaldo Faite ocupa a esta altura a 7a posição do campeonato cazaque.

Edmilson Dove ganha titularidade no Cape Town
O campeonato sul-africano já vai na segunda jornada e os moçambicanos a evoluírem naquele campeonato tiveram sortes diferentes nas suas equipas. A coincidência é que as equipas de Edmilson e de Domingues defrontaram, nas duas primeiras jornadas, a equipa de Kambala.

A grande sorte sorriu para Edmilson Dove, que nas duas jornadas conseguiu a titularidade, tendo a sua equipa empatado com o Baroka FC a duas bolas, na primeira jornada, e vencido o Stellenbosch, por uma bola sem resposta, na segunda jornada. Dove não só ganhou a titularidade, como jogou em duas posições distintas, nomeadamente a central na primeira jornada, e a lateral, na segunda jornada.

Já Domingues entrou a substituir na primeira jornada, na vitória da sua equipa diante do Amazulu, por 0-3. O internacional moçambicano e capitão dos Mambas entrou aos 65 minutos, altura em que a sua equipa já vencia por 0-3. Entretanto, não saiu do banco no jogo da segunda jornada, tendo sido um suplente não utilizado.

O Bidvest, nessa partida, perdeu em casa, diante do Baroka, equipa de Kambala, por uma bola sem resposta.
Por seu turno, Manuel Kambala ainda não conseguiu vingar na sua nova equipa, o Baroka FC, não sendo chamado a nenhuma das partidas destas duas jornadas já realizadas até ao momento.

 


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique